DIA NACIONAL DE LUTA COMEMORA OS 159 ANOS DA CAIXA

50


Os empregados da Caixa de todo o Brasil comemoraram o aniversário de 159 anos do banco, fundado dia 12 de janeiro, com um Dia Nacional de Luta, na segunda-feira, dia 13/1. Em Fortaleza, a manifestação aconteceu na agência de Messejana. O mote do protesto foi #ACAIXAÉTodaSua. A campanha, que foi lançada por todo o Brasil no final de 2019, visa divulgar a importância do banco público para toda a população e lutar contra a venda de áreas estratégias da instituição.


O diretor do Sindicato, Túlio Menezes, destacou a importância de se combater o fatiamento da Caixa. “Essa é uma ameaça muito clara, muito real e que consideramos que isso vai enfraquecer a Caixa, que tem uma importância muito grande para o desenvolvimento do nosso país. Essa possibilidade de vender setores importantes da Caixa, como cartões, seguridade, loterias etc., é uma forma de enfraquecer a Caixa e pôr em risco toda a sua atuação como banco social. O que nós queremos é colocar para a sociedade que precisamos combater isso urgentemente e defender a Caixa como banco 100% público”, destacou.


“O mote principal dessa campanha é compreender algo muito claro: entramos na Caixa sabendo que ela tem um papel fundamental para o povo brasileiro, que é ser um agente de políticas públicas, compreendendo o tamanho e o nosso papel. Hoje vemos a nossa empresa se esfacelar com essas reestruturações, ficando com cara de banco de mercado, isso sem falar do enxugamento do quadro. O que nós queremos é envolver a categoria com esse sentimento: a Caixa é sua, empregado, a Caixa é do povo que aguarda o atendimento, a Caixa é nossa, e somos nós que temos de defendê-la. Nós só vamos ganhar essa batalha se estivermos juntos e mobilizados, independente do governo. A nossa força é a nossa união”, convocou a diretora Elvira Madeira.


O diretor do Sindicato e presidente da Apcef/CE, Rochael Almeida, finalizou afirmando que a defesa da Caixa é uma luta conjunta.  “Como presidente da Apcef, reconduzido recentemente para um segundo mandato, gostaria de ressaltar que estamos sempre aliados às lutas do Sindicato, sempre em defesa da Caixa. Nós valorizamos muito o lado associativo, recreativo, esportivo, mas não deixamos de fazer a defesa da Caixa. Essa é a nossa missão. Nós temos de acordar para isso. A luta em defesa da Caixa não é só do Sindicato, não é só da Apcef, é de todos nós”.