Dieese promove discussão sobre negociações coletivas

14

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realizou na última quarta-feira, dia 6/4, a V Jornada Nacional de Debates, com o tema Negociações Coletivas em Cenário de Crescimento Econômico. O debate teve a participação do diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, além de diversos sindicatos filiados às várias centrais sindicais existentes no Ceará.


Clemente iniciou o debate afirmando que nos anos 80 e 90, o movimento sindical vivenciou uma época difícil, quando saía em franca desvantagem nas negociações salariais, com um cenário econômico difícil, crescimento baixo e alto índice de desemprego. Hoje, o cenário começou a mudar, com crescimento continuado da economia e do emprego formal. “O Brasil passou a ser o protagonista do seu desenvolvimento, seguindo um modelo contrário ao do Estado Mínimo. O Estado teve um papel fundamental nesse crescimento, tanto que a crise econômica mundial quebrou os maiores países, mas o Brasil saiu quase ileso”, analisou.


Diante do quadro, Clemente avalia que o movimento sindical tem agora um novo desafio: trabalhar para que o desenvolvimento que há hoje se mantenha e reverta para uma melhor distribuição de renda para todos. “O crescimento atual é um momento único num cenário de democracia. Uma oportunidade histórica de fazer mudanças. No entanto, o movimento sindical tem que ser mais atuante no sentido de mostrar sua força para transformar esse desenvolvimento em um momento vantajoso para o trabalhador num futuro próximo”, afirmou.

JORNADA – O Dieese, há 55 anos, vem trabalhando para dar ao movimento sindical o embasamento necessário para que os trabalhadores logrem êxito na luta por seus direitos. A jornada de debates acontece durante os meses de março e abril em todas as capitais brasileiras, com a presença de dirigentes sindicais de todas as Centrais.