DILMA ? PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE DO BRASIL

32

Dilma Vana Rousseff foi eleita presidente da República para o período de 2010 a 2014. Sem nunca ter disputado uma eleição, ela é a primeira mulher a chegar ao mais alto cargo do País. Com 56,05% dos votos válidos, Dilma Rousseff (PT) será a 11ª mulher a ocupar o cargo de presidente na América Latina, sendo a oitava eleita. Outros oito países latino-americanos tiveram ou têm uma mulher presidente: Argentina, Bolívia, Haiti, Nicarágua, Equador, Guiana, Panamá, Chile e Costa Rica.


Dilma Rousseff (PT) destacou esse fato em seu pronunciamento após a vitória. Segundo ela, sua eleição é uma demonstração do avanço democrático do País e disse que seu desejo é que esse “fato, até hoje inédito, se transforme em um evento natural. Gostaria muito que os pais e mães de meninas olhassem hoje nos olhos delas, e lhes dissessem: sim, a mulher pode”. “A igualdade de oportunidade entre homens e mulheres é um princípio essencial da democracia”, completou.


Dilma prometeu respeitar a Constituição : “vou zelar pela mais ampla liberdade de imprensa e pela mais ampla liberdade de culto”. Destacou as realizações do governo Lula e falou de sua campanha. “O que mais me deu confiança e esperança, ao mesmo tempo, foi a capacidade imensa do nosso povo de agarrar uma oportunidade, por menor que seja, para com ela construir mundo melhor”, frisou.


Antes, em entrevista Dilma afirmou estar “muito feliz” – “É uma sensação de muita força e muita alegria. Estou muito feliz e agradeço aos brasileiros e brasileiras por esse momento”. Dilma recebeu mais de 55 milhões de votos dos 105 milhões registrados nesta eleição.


Dilma venceu em 15 estados e no Distrito Federal. Serra teve a maioria dos votos em 11 unidades da Federação. O maior percentual da petista foi no Nordeste onde obteve 70% dos votos.

PERFIL DE PRESIDENTE – Dilma tornou-se um nome forte para disputar o cargo ao assumir o posto de ministrachefe da Casa Civil, em junho de 2005. No comando da Casa Civil, Dilma travou uma intensa disputa com o então ministro da Fazenda, Antonio Palocci, por causa da política econômica do governo. Enquanto ele defendia aperto fiscal, ela pregava aceleração nos gastos e queda nos juros. Com a reeleição de Lula e sem grandes rivais à altura no PT, Dilma tornou-se, depois do presidente, o grande nome do governo. Sua atuação à frente do Ministério de Minas e Energia rendera-lhe a simpatia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que enxergou na subordinada, o perfil discreto e de muita força de trabalho, ideal para ser candidata à Presidência da República.

Avenida da Universidade vira palco de comemoração em Fortaleza


Já no início da noite de 31/10, com a divulgação do resultado para a presidência apenas no início, centenas de pessoas já se concentravam na Av. da Universidade, no Benfica, palco das principais comemorações da esquerda em Fortaleza.


Em frente ao comitê de Dilma Rousseff, um telão transmitia ao vivo os resultados da apuração e cada novo boletim era comemorado com queima de fogos e muitos jingles de campanha. Um dos mais festejados era a paródia “Serra não mamãe”, quando as bandeiras se agitavam e os militantes gritavam a plenos pulmões o refrão da música.


Ao final, com o resultado divulgado e Dilma oficialmente eleita, a banda Soulpop fez a animação dos eleitores.

AGRADECIMENTO ESPECIAL – Os organizadores do evento fizeram um agradecimento especial à mobilização dos trabalhadores no Ceará e ressaltaram o apoio dos bancários à candidatura de Dilma. De acordo com os organizadores, a categoria bancária, voluntariamente, deu uma valorosa contribuição para a eleição de Dilma.

Curiosidades sobre a eleição de Dilma


* A ELEIÇÃO DE DILMA NÃO FOI COMEMORADA APENAS NO BRASIL. A ESCOLHA POR VOTO DIRETO DA PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE DO BRASIL FOI ACOMPANHADA COM MUITA ATENÇÃO TAMBÉM NA BULGÁRIA. O PAI DE DILMA NASCEU NA BULGÁRIA E A NOVA PRESIDENTE DO BRASIL MEXE COM O ORGULHO DOS BÚLGAROS.


* ANTES DE DILMA, A ÚLTIMA MULHER A COMANDAR O PAÍS FOI A PRINCESA ISABEL. ANTES DA PRINCESA, COMANDARAM O BRASIL D. MARIA E D. LEOPOLDINA.


* A VITÓRIA DE DILMA FOI DESTAQUE NOS SITES DE JORNAIS INTERNACIONAIS. AS PUBLICAÇÕES RESSALTAM O PASSADO GUERRILHEIRO DA PETISTA E O PESO DO APOIO DO PRESIDENTE LULA NO RESULTADO.


* LULA FOI O PRIMEIRO PRESIDENTE ELEITO EM 80 ANOS A FAZER SEU SUCESSOR.


* A PETISTA DILMA ROUSSEFF GANHOU EM TODOS OS MUNICÍPIOS DE QUATRO ESTADOS: PERNAMBUCO, MARANHÃO, AMAZONAS E AMAPÁ. NO CEARÁ, JOSÉ SERRA SÓ CONSEGUIU VENCER EM UMA ÚNICA CIDADE (VIÇOSA DO CEARÁ). NO ESTADO, DILMA OBTEVE 77,35% DOS VOTOS.


* CALUMBI (PE) REGISTROU A MAIOR VANTAGEM DE DILMA. ELA RECEBEU 96,51% DOS VOTOS VÁLIDOS, CONTRA 3,49% DO ADVERSÁRIO DO PSDB.


* DILMA TERÁ MAIORIA ABSOLUTA NO SENADO E NA CÂMARA DOS DEPUTADOS. DOS 81 MEMBROS DO SENADO, 52 SÃO DE PARTIDOS ALIADOS DO GOVERNO (64,2%). JÁ DAS 513 CADEIRAS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, 402 SÃO DE PARTIDOS QUE APOIAM O GOVERNO (78%).


* A ESCOLHA DA PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE DO BRASIL É CONSIDERADA PELOS CIENTISTAS POLÍTICOS BRASILEIROS COMO UMA QUEBRA DE PRECONCEITO E UM PASSO IMPORTANTE PARA A DIMINUIÇÃO DAS DESIGUALDADES DE GÊNERO.