Diretora do Sindicato recebe Comenda Socorro Abreu

10


A diretora do Sindicato dos Bancários do Ceará e funcionária do Bradesco, Carmem Grego, recebeu na última quinta-feira, 21/3, na sede do Comitê Municipal do PCdoB em Fortaleza, a Comenda Socorro Abreu, que homenageia mulheres com atuação de destaque em diversas áreas, como movimentos sociais, populares e sindicais.


O objetivo da Comenda é destacar mulheres que no dia a dia atuam como guerreiras, quer seja nas comunidades onde vivem, nas periferias, no trabalho ou mesmo em casa. Francileuda Soares, Secretária de Mulheres do PCdoB, destaca que a comenda é um reconhecimento do conjunto do partido a mulheres que, através de sua atuação, se tornaram referência no meio onde vivem. “Não necessariamente estas mulheres são filiadas ou militantes do PCdoB. Elas são sim referência na luta pela igualdade de direitos e defensoras da justiça”, ratifica.


Carmem, por sinal, se enquadra nesse perfil. Atua no movimento sindical bancário desde a década de 80, participando ativamente das primeiras greves do Bradesco no Estado. Sindicalizada desde que entrou no banco, em 1976, Carmem participou ainda de lutas importantes como as Diretas Já. Participa da gestão do Sindicato desde 2000, já foi diretora da Fetrafi-NE (então FETEC/NE) e hoje atua no Coletivo de Mulheres do SEEB/CE. “Me sinto muito honrada e emocionada com essa homenagem. Isso representa o reconhecimento e a valorização da nossa luta. Mas eu não recebo essa comenda sozinha. Estendo essa homenagem a todas as companheiras bancárias que fizeram e fazem essa luta comigo, tentando transformar esse mundo num lugar melhor para todos, homens e mulheres”, disse.


De acordo com Francileuda, o título é uma homenagem carregada de simbolismo histórico, tanto pela importância do 8 de março, como também por mostrar que o Partido valoriza o papel feminino e também faz alusão a memória de Socorro Abreu, uma comunista que foi brutalmente assassinada pelo ex-companheiro. “É muito gratificante ver que, depois de anos, a Comenda é um sucesso e faz parte do calendário dos comunistas em Fortaleza”, comemora.


Agraciadas – Juntamente com a bancária Carmem Grego, recebem ainda a Comenda a presidente do Sindicato dos Jornalistas Samira de Castro, a servidora pública Neide Aparecida Freitas, a líder comunitária Alzeli da Silva, a professora Marise Bezerra, a técnica de enfermagem Aurélia Silva e as sindicalistas Lucilene Ribeiro e Marli Pereira.


Quem foi Socorro Abreu – Socorro Abreu foi uma militante comunista que foi assassinada pelo companheiro. O casal estava em disputa pela guarda do filho e ela pretendia se mudar para manter tanto a sua integridade física quanto a do filho. Não teve tempo. Para homenageá-la, o Comitê Municipal de Fortaleza criou a comenda em seu nome para simbolizar a luta das mulheres.