Diretores do SEEB/CE visitam Cariri e constatam irregularidades nas agências bancárias

12


Em visita às agências bancárias das cidades do Cariri, no Sul do Estado, entre os dias 9 e 12/4, os diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará constataram a precariedade de alguns Pabs e, principalmente, a falta de segurança nas unidades. Entre os problemas mais graves destaca-se a situação do Banco do Brasil de Nova Olinda, onde um PAA de Santana do Cariri, não tem a mínima condição de trabalho, o prédio é apertado. O Sindicato constatou a precariedade da unidade.


Segundo informações dos funcionários, as lideranças da cidade já ofertaram novo prédio para criar uma agência do BB, mas a direção do banco não se pronunciou para resolver o problema. Nesse PAA, em Nova Olinda, por coincidência, no dia da visita do Sindicato, a Polícia Federal autuou a unidade.


Em Campos Sales, a agência do Bradesco não tem porta giratória. Já a Caixa Econômica Federal de Campos Sales, inaugurada recentemente, já conta com biombos, cumprindo os itens da segurança previsto no Estatuto de Segurança Bancária.


Funcionários e a população de Saboeiro reivindicam a conclusão da agência do Banco do Brasil local. A previsão de entrega era maio, mas as obras estão muito longe de serem concluídas.


Estratégia – Todos os meses, diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará percorrem as agências bancárias do interior do Estado estreitando o relacionamento com os bancários da base, levando informações e ouvindo as demandas da categoria. Na visita à região do Cariri, os dirigentes sindicais Bosco Mota, Rochael Almeida e Léa Patrícia Albuquerque visitaram oito cidades do sul cearense e constaram irregularidades, seja em falta de condições de trabalho, seja em insegurança bancária.


As cidades visitadas foram: Jardim, Nova Olinda, Santana do Cariri, Assaré, Antonina do Norte, Campos Sales, Araripe ,Potengi, Saboeiro.