Diretoria e conselho deliberativo da Cassi aprovam antecipação de recursos

13


A diretoria executiva da Cassi aprovou a proposta de antecipação de contribuição patronal do Banco do Brasil sobre o 13º salário, com base no artigo 25 do Estatuto da Caixa de Assistência. A aprovação da medida também passou pelo Conselho Deliberativo e depois foi encaminhada ao BB.


Para que a antecipação se torne realidade, o BB, que detém 50% da gestão da Cassi, precisa aprovar a medida, que é necessária para garantir o atendimento aos associados e dar mais prazo para a continuidade das negociações entre banco e a comissão negociadora, formada pela Contraf-CUT, entidades sindicais e representativas dos associados.


A Cassi apresentou déficit anual e os funcionários querem que o banco aprove a antecipação e discuta as propostas apresentadas nas negociações. O exercício de 2015 fechou com resultado líquido de R$ 234 milhões, refletindo o aumento de 14,6% nas despesas assistenciais e 10,4% nas receitas. “Refutamos tentativas do banco de aumentar apenas a contribuição dos associados, sem que outras medidas sejam adotadas e haja ampla discussão. Mas sem o compromisso do BB, que tem a metade da gestão, a solução é mais difícil”, aponta José Eduardo Marinho, diretor do Sindicato e conselheiro fiscal da Cassi.


ELEIÇÕES: O Sindicato dos Bancários apoia a Chapa 2 – Juntos pela Cassi, nas eleições que acontecem até 22/4. A Chapa tem propostas para ampliar credenciamento, melhorar as Clinicassi e faz a defesa intransigente dos funcionários da ativa e aposentados. O diretor do SEEB/CE, José Eduardo Marinho, concorre a suplente do Conselho Deliberativo.