Dirigentes do Sindicato levam apoio e orientação aos bancários de agências assaltadas

4


Cerca de 10 bandidos, em dois carros e quatro motos, atacaram uma agência bancária do Banco do Brasil, na cidade de Pedra Branca, na madrugada do domingo (31/7). Este foi o 49º ataque a banco registrado no Ceará dos 55 contabilizados em 2016, de acordo com levantamento do Sindicato dos Bancários do Ceará. Entre os dias 29/7 e 5/8 foram cinco ataques e os bancários convivem com o medo, especialmente nas agências o Interior do Estado, os principais alvos dos bandidos que assaltam bancos.


Os diretores do SEEB/CE, Bosco Mota e Eugênio Silva, foram até o município na quarta-feira, 3/8, para conversar com os colegas bancários, em baixo de uma árvore, em frente à agência, dado o estado lastimável em que ficou a agência do BB.


Os dirigentes sindicais conversaram sobre a viabilidade de locais de trabalho, além de falar sobre a saúde do trabalhador bancário, após uma experiência traumática como esta, levando orientações de como proceder na emissão da CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho), por exemplo.


Os dirigentes do Sindicato fizeram também visitas aos colegas bancários das agências assaltadas, de Bradesco de Tamboril e BB Pedra Branca, Bradesco de Parambu.