Edição de julho do Botequim dos Bancários traz samba e blues e anima público

5


Quem não veio, perdeu uma noite inesquecível proporcionada pelo mais autêntico jazz e blues da Banda Inblues; a animada Conversa de Botequim com o bancário Jansen Viana e suas histórias premiadas, a belíssima apresentação do balé Arte Popular de Fortaleza e o samba de raiz do grupo Academia. A animação foi completada pelo humorista Zebrinha que, entre uma atração e outra, fez o público sorrir e interagir.


Recepcionados pela música ambiente de Paulinho da Viola, os bancários que vieram à quarta edição do Botequim dos Bancários, no último dia 26/7, iniciaram a noite com a animada Conversa de Botequim entre o secretário de Cultura do Sindicato dos Bancários, Tomaz de Aquino e o bancário do BNB, Jansen Viana, lançando os livros “Prosando” e “Parabolando”, ambos da editora Reflexão. Ele falou ainda de sua incursão pela literatura, seus oito livros e a família, que sempre lhe apoiou.


“Assim como o nosso colega Jansen e a Banda InBlue, que fizeram parte da quarta edição, e outros talentos que participaram das edições anteriores, os bancários também podem compor a programação das próximas edições. Basta inscrever-se no site (www.bancariosce.org.br/bancult.php) e revelar seus talentos”, afirmou o secretário de Cultura, Tomaz de Aquino. Ele enfatizou ainda que o Botequim pode ser um espaço de comemoração, como foi o caso de uma bancária da Caixa Econômica Federal que entrou em contato com o Sindicato e reservou algumas mesas para comemorar seu aniversário durante a quarta edição.


Em seguida, tivemos a apresentação do Talento Bancário – e que talento – a Banda InBlue, do bancário do BNB Passaré, Adelmo Correa Júnior, que é gaitista há mais de 14 anos. A voz marcante da vocalista Marília Lima impressionou e encantou a todos que puderam conferir versões belíssimas de jazz, blues, pop recente como Adele e até clássicos da música popular como Nelson Gonçalves e outros ícones. A banda conta ainda com a guitarra elétrica de Débora Marciel e o baixo de Dândara Marquês.


Seguindo a programação, o Balé Folclórico Arte Popular de Fortaleza fez a apresentação temática “Brasil em Festa”, já entrando no ritmo do samba, com os quadros Mulata Assanhada e Malandros do Samba, homenageando artistas como Noel Rosa, Ary Barroso, Ismael Silva, entre outros.


Encerrando a noite, o grupo Academia, com o autêntico samba de raiz, fez os bancários caírem no samba.