Em audiência, BB adia decisão sobre VCP e frusta funcionários

30


Mais uma audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho foi realizada em 2/5, em Brasília, para tratar da Reestruturação no Banco do Brasil.  A expectativa dos funcionários era sobre a extensão da VCP – Vantagem de Caráter Pessoal, verba que mantém a remuneração dos funcionários que perderam cargo na reestruturação, que não se concretizou.


Uma nova mesa de mediação no Ministério Público foi marcada para o dia 2 de junho e outra rodada de negociação entre sindicatos e BB está agendada para o dia 1º de junho, antes da audiência no MPT.


O Banco do Brasil informou que os estudos ainda não estão concluídos e que anunciará novas medidas sobre movimentações e realocações até o final de maio, quando responderá de forma definitiva sobre a extensão da VCP por um prazo maior. O Banco apresentou o quadro atual de 2.189 funcionários em VCP total, ou seja, que perderam o cargo e não foram realocados em nenhuma função.