EMPREGADOS DA CAIXA LANÇAM CARTA ABERTA PARA DEFENDER BANCO 100% PÚBLICO

42


Os empregados da Caixa Econômica Federal divulgaram na última semana uma carta aberta à população para defender que o banco continue 100% público. O texto, assinado pela Contraf-CUT, pela Fenae e pelo Comitê de Defesa da Caixa, desempenha um papel de banco de pandemia de coronavírus e afirma que já foram oferecidos mais de 120 milhões de brasileiros em busca do auxílio emergencial, seguro desemprego e FGTS.


“Os funcionários da Caixa já atendem mais da metade da população brasileira, demonstrando ser imprescindível como banco público e primordial em sua ação social. Defender uma Caixa, como banco público, passa também pelo reconhecimento de seus empregados e pela defesa de melhores condições de trabalho”, diz o documento.


Os funcionários criticam “como fragilidades” as ações do governo Bolsonaro no combate à covid-19 e ao enfrentar crises econômicas e enfatizam o papel do banco público nesse contexto.

O material pode ser lido no link https://bit.ly/31cspIW.


CEE/CAIXA – Em reunião do Comando Nacional realizada dia 31/7 foi anunciada a substituição na coordenação da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal. Dionísio Reis, diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo, anunciou sua saída da coordenação, que será ocupado pela diretora do Sindicato dos Bancários de Brasília, Fabiana Uehara Proscholdt.