EMPREGADOS DEFINEM CALENDÁRIO DE LUTA EM DEFESA DA CAIXA E DOS DIREITOS

11


Realizada dia 24/9, em Brasília (DF), a reunião da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa analisou a atual conjuntura política do país e definiu um calendário de lutas contra o desmonte da empresa pública e contra a retirada de direitos dos trabalhadores da instituição.


Na ocasião foram debatidos os ataques na área da Saúde e no Saúde Caixa, na Previdência e na Funcef e os acelerados desmontes programados para a Caixa e para privatização dos bancos públicos.


GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO – Mais uma vez, a Justiça impediu que a Caixa revogue a norma interna RH 151, que versa sobre a incorporação de função. O TRT da 10ª Região negou recurso do banco, que tentava derrubar liminar, obtida pela Contraf-CUT, que impede a revogação da norma e mantém o direito da incorporação de função aos empregados que exercem o cargo por mais de 10 anos e são descomissionados sem motivo. A ação civil pública foi ajuizada pela Contraf-CUT para denunciar a revogação do RH 151 da Caixa e reivindicar liminar para garantir a manutenção deste normativo, que foi revogado no dia 9 de novembro de 2017, véspera da entrada em vigor da reforma trabalhista. A ação aguarda sentença e discute a incorporação da norma mais benéfica ao contrato de trabalho dos empregados.


CALENDÁRIO DE LUTA

15/10 – Ato pela Soberania Nacional em São Paulo.


16/10 – Lançamento da Cartilha sobre Gestão pelo terror na Caixa, Assédio moral, o descomissionamento arbitrário, o GDP e o Revalida.


18 e 19/10 – Começa o pagamento das contas ativas e inativas para quem não tem conta na Caixa. Distribuição de material que destaca a importância do FGTS e de sua gestão ser centralizada na Caixa.


Dia 22/10 – Ato em defesa da Caixa 100% Pública com ênfase na defesa das loterias.