Empregados devem subscrever abaixo-assinado pela melhoria da saúde

16

Prossegue em todo o País a coleta de adesões ao abaixo-assinado elaborado pela Fenae e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT), cuja finalidade é reivindicar a criação de estruturas específicas para o Saúde Caixa e para a saúde do trabalhador em cada estado.


A luta pela melhoria da saúde na Caixa foi reafirmada por deliberação aprovada em encontro nacional de dirigentes sindicais, em consonância com resolução definida no 25º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa (Conecef), ocorrido no fim de abril do ano passado, em Brasília (DF).


Modelo desse abaixo-assinado já está disponível no portal da Fenae na internet (www.fenae.org.br). Não há data-limite para a coleta das assinaturas, mas a Fenae e a Contraf/CUT recomendam agilidade nesse trabalho. Depois de preenchidos, os abaixo-assinados precisam ser encaminhados para a sede da Contraf/CUT, em Brasília (EQS 314/315 – Bloco A – Asa Sul – CEP 70383-400), aos cuidados de Eliane.


O documento, que deverá ser subscrito por empregados da Caixa de todo o País, reivindica a criação de estruturas para cuidar especificamente do Saúde Caixa e da saúde do trabalhador, desvinculadas das Gerências de Filial de Pessoas (Gipes) e subordinadas diretamente à Gerência Nacional de Saúde (Gesad). A reivindicação é para que essas unidades específicas possuam estruturas técnicas e administrativas compatíveis com suas atribuições, eliminando-se a terceirização de atividades.


Os abaixo-assinados serão posteriormente encaminhados para a presidenta da Caixa, Maria Fernanda Ramos de Coelho. O objetivo é pressionar a empresa a corrigir diversas situações esdrúxulas enfrentadas pelos bancários, tanto em relação ao convênio médico do Saúde Caixa quanto no tocante a outros problemas de saúde.