EMPREGADOS LUTAM POR SAÚDE CAIXA PARA TODOS

31


A Contraf-CUT enviou um ofício no dia 25/3 para reiterar a cobrança da inclusão dos novos trabalhadores, em sua maioria Pessoas com Deficiência (PCD’s), no Saúde Caixa. Mais de dois mil empregados que foram contratados pela Caixa desde setembro de 2018 estão sem acesso ao plano.


O Sindicato está constantemente pressionando a Caixa nesse sentido. Afinal, estamos vivendo uma pandemia de saúde no país. As próximas semanas serão decisivas para a contenção ou proliferação do vírus. Em suas funções diárias, em ambientes fechados, com ar condicionado, interagindo com centenas de pessoas por dia, as chances de os trabalhadores adoecerem é muito alta. É preciso garantir saúde para todos os empregados.


ENTREGA DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO – Depois da cobrança da Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa anunciou que já começou a entrega dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) contra o coronavírus (Covid19), recomentados pela OMS, máscara – fundamental para o atendimento ao público – e álcool gel – necessário para a higienização das mãos após cada atendimento. Os bancários das agências em que, por acaso não forem entregues esse material, devem se reportar ao Sindicato, através do e-mail bancariosce@bancariosce.org.br, para que possamos encaminhar a demanda ao comitê de crise e sejam tomadas as devidas providências.


A representação dos empregados destaca ainda que ainda tem outras reivindicações que precisam ser atendidas o quanto antes, como o agendamento por telefone para atendimento presencial. Outra reivindicação é a liberação dos pais de crianças que não têm com quem ficar neste período que não estão na escola e dos que coabitam com pessoas do grupo de risco. Os representantes dos trabalhadores cobram ainda a suspensão do processo de reestruturação da Caixa e dos processos seletivos e a interrupção dos prazos processuais internos.