EMPREGADOS MOBILIZADOS EM DEFESA DA CAIXA 100% PÚBLICA

10


Para tentar conter o enfraquecimento do maior banco público da América Latina e principal agente do desenvolvimento social, os empregados da Caixa Econômica Federal levantam suas bandeiras em defesa da Caixa 100% pública; contra a venda das áreas mais lucrativas do banco; na defesa do seu papel social; contra manobras que reduzam o lucro; mais reconhecimento ao trabalho e fim do assédio moral.


Os empregados contestam ainda a necessidade de uma provisão bilionária para cobrir perdas esperadas com calotes na carteira imobiliária e desvalorização de imóveis retomados, medida que pode reduzir a PLR. A Caixa, porém, é o banco com menor inadimplência nesta carteira.


A nova direção do banco, comandada pelo presidente Pedro Guimarães, só fala em fatiar a empresa e não quer reconhecer o esforço dos trabalhadores. Os empregados solicitaram reunião com a diretoria para esclarecimento das mudanças que estão em curso dentro do banco, mas a direção se recusou a passar informações às entidades de representação.


A hora é de mostrar nossa indignação com tamanho desrespeito aos empregados e nossa contrariedade às medidas privatistas que estão sendo implantadas. É preciso dialogar com a população e mostrar a importância de defender a Caixa como banco 100% público