EMPREGADOS PLANEJAM RESISTÊNCIA PARA 2019

36


A defesa da Caixa Econômica Federal 100% Pública e a garantia dos direitos dos trabalhadores do banco vão nortear as ações das entidades representativas da categoria durante o ano de 2019. Foi o que debateu a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), no mês de dezembro, na sede da Fenae, em Brasília (DF), na quais a CEE/Caixa planejou propostas de resistência aos ataques contra a empresa e de mobilização por melhores condições de trabalho.


No tocante à Funcef, a CEE vai enviar ofício à direção da Caixa sendo contrária à alteração do estatuto da fundação. Os representantes dos empregados se posicionaram contrários a CGPAR 25, que, entre outras questões, tira o poder dos participantes na gestão dos planos, deixando a cargo da patrocinadora, por exemplo, julgar a “economicidade” dos planos e até interromper a sua participação.


SAÚDE CAIXA – Os membros da CEE/Caixa reafirmaram a importância dos sindicatos para receber reclamações a respeito do atendimento no Saúde Caixa e a necessidade de instalação imediata dos Comitês por base Gipes e Repes do plano de saúde, que vão tratar essas demandas.


CAIXA 100% PÚBLICA – Sobre a defesa da Caixa 100% Pública, ficou definida a realização de um seminário no final de janeiro, envolvendo as entidades sindicais e a sociedade civil organizada.