Esporte e Lazer: confraternização e congraçamento marcaram ano de 2005

32

Num ano de conquistas para a categoria, os bancários mostraram que sabem lutar não apenas fora, mas também dentro de campo. Em 2005, o Sindicato dos Bancários do Ceará propiciou à categoria atividades de esporte e lazer, que movimentaram os fins de semana dos bancários. Foram realizados o XXIII Campeonato de Futsal e o XIX Campeonato de Futsoçaite dos Bancários, além de atividades multiesportivas realizadas durante a comemoração do Dia do Trabalhador Bancário, em 1° de maio, tais como torneio de futsoçaite, voleibol, futsal infantil e natação.

Para Ribamar Pacheco, secretário de Esporte e Lazer da entidade, os resultados alcançados nestas competições nos trazem satisfação, principalmente, quanto ao senso esportivo dos participantes, o alto nível dos jogadores e o respeito mútuo entre os mesmos, ficando mais uma vez constatado o poder do esporte em propiciar a descontração e a unidade da categoria.

No primeiro semestre, a equipe Combativos/SEEB/CE sagrou-se campeão do Futsal ao vencer o time do Safra por 6 x 2, com a final realizada na AABB, em uma emocionante partida. Na disputa pelo 3° lugar, a equipe da AABB levou a melhor, ao derrotar o Bradesco Iracema pelo placar de 6 x 2. O artilheiro da competição foi o atleta Oltem, do Safra, que balançou a rede 28 vezes em todo o campeonato. O goleiro menos vazado foi o atleta Beto, da AABB. O troféu para a equipe mais disciplinada ficou com o BB Cassi.

Já no Futsoçaite, que agitou o segundo semestre, a equipe do BB Cassi levou o título da competição, após vencer a final por um placar de 4 a 1, no dia 10/12, no Clube da Caixa. O Safra I ficou com o vice-campeonato. Já as equipes BNB/Combativos e HSBC foram os 3ª e 4ª colocados, respectivamente. A artilharia ficou com o atleta Oltem, do HSBC, que assinalou 15 gols durante a competição. O título de melhor goleiro ficou com Artur do Safra I. Recebeu o troféu como a equipe mais disciplinada do campeonato, o Bicbanco.

Pacheco lembra que “a cada rodada ficava claro que não se tratava somente da disputa de uma modalidade esportiva, mas da amizade e fortalecimento da unidade dos bancários”. Agora é esperar e ver o que vem por ai em 2006. A Secretaria promete continuar com as ações de promoção da prática esportiva e de lazer, visando o congraçamento da categoria.