Estado de Greve no BNB

22

Estado de greve no Banco do Nordeste do Brasil. Esta foi a decisão da assembléia dos funcionários do BNB, realizada na última quarta-feira, dia 8/11, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará. Outra deliberação da assembléia foi o indicativo de nova data para uma paralisação de 24 horas. Até lá, será intensificada a mobilização dos benebeanos.

A assembléia foi aquém da representação da base dos bancários do BNB no Estado e ainda foi dividida entre os que propunham a paralisação para o dia 9/11 e os que eram contrários à essa greve de um dia. “Repudiamos a postura do banco em não apresentar proposta de acordo. Vamos continuar a mobilização”, afirmou o coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT), Tomaz de Aquino.

O deputado estadual Nelson Martins (PT/CE) compareceu à assembléia e afirmou estar solidário com a luta dos funcionários do BNB. O deputado comprometeu-se a buscar o apoio dos demais parlamentares de esquerda recentemente eleitos para tentar uma solução para o impasse da campanha salarial do banco.

“Não podemos aceitar esse tratamento discriminatório com os funcionários do BNB, que precisam se conscientizar da necessidade de mobilização para conquistar seus direitos”, concluiu Tomaz.