Exposição retrata história das ferrovias no Ceará

35


A ferrovia e as pessoas que nela trabalham ou trabalharam têm sido tema recorrente de inspiração de pesquisas acadêmicas, livros, longas e curtas videodocumentários produzidos no Ceará nos últimos anos. Também, a partir do séc. XIX, a história socioeconômica do Ceará se confunde com a história da implantação da ferrovia, e tão vastos quanto os trilhos são os temas a eles relacionados, considerando o elemento humano como intercessor fundamental. Neste sentido, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Ceará (CREA-CE) teve a ideia de realizar a exposição fotográfica “Memórias e Histórias nos Caminhos de Ferro do Ceará”, que funciona até o dia 31/10, no Centro Cultural do Crea-CE (Rua Castro e Silva – 81, Centro).


Composta de 30 fotos, 10 objetos (relógio, aparelho telegráfico, telefone, lanterna, dois protótipos de locomotivas antigas, sino, um deodolito, um pedaço de trilho, farol de locomotiva e datador de bilhete), a exposição é mais uma iniciativa apoiada pelo presidente do Crea-CE, engenheiro eletricista Antônio Salvador da Rocha, em prol da cultura e da revitalização do Centro de Fortaleza. A exposição tem a coordenação da assessora cultural do Crea-CE, Silvana Figueirêdo, e a curadoria de José Hamilton Pereira (engenheiro aposentado pela RFFSA, membro da direção da Associação dos Engenheiros da Rede Viação Cearense – AERVC e diretor do Museu do Trem) e Túlio de Souza Muniz (jornalista, historiador com graduação e mestrado pela UFC e doutor pela Universidade de Coimbra, Portugal).


As fotos retratam o período que vai do fim século XIX até o início do século XXI e pertencem ao arquivo Nirez, do Museu Ferroviário, RFFSA, Metrofor e dos senhores Hamilton Pereira e Assis Lima.

SERVIÇO:

Exposição: “Memórias e Histórias nos Caminhos de Ferro do Ceará”
De 23/9 a 31/10, no Centro Cultural do CREA-CE (Rua Castro e Silva – 81 – Centro)

De segunda a sexta-feira, das 14h às 18h.