Fez sucesso a primeira edição do Botequim dos Bancários de 2015

9


Sucesso. Essa palavra define o primeiro Botequim dos Bancários deste ano, realizado na sexta-feira, 27/3. A noite foi marcada com uma programação diversificada e música para todos os gostos.


No quadro “Conversa de Botequim”, a fundadora do Iprede, Ana Maria Norões, sendo entrevistada pela apresentadora Maysa Vasconcelos, revelou que a desnutrição das crianças assistidas pelo Iprede caiu de 76% em 1986, para 2% em 2015. “Graças ao apoio de pessoas, como os bancários, que se sensibilizam com a situação de crianças carentes”, disse Ana Maria.


Ainda na abertura, o colega aposentado da Caixa Econômica Federal, José Cavalcante Ribeiro, fez o lançamento do livro de sua autoria “O Poder da Educação Numa Trajetória de Superação”. O Sindicato distribuiu 20 livros do autor entre os bancários presentes ao Botequim, sendo os mesmos autografados logo em seguida ao lançamento.


Homenagem às mulheres – Quatro grandes mulheres receberam a Comenda Bárbara de Alencar, pelo Coletivo de Mulheres Bancárias do SEEB/CE, na programação do Botequim dos Bancários: Erivanda de Lima Medeiros (BB), Maria do Socorro Rodrigues Batista (ex-BEC), Alice Cristina Nogueira Lopes (CEF), Maria Ronilda de Oliveira (BNB). Todas mulheres guerreiras, dedicadas e que nos mostram que de frágil esse sexo não tem nada.


Levantou o público do Botequim dos Bancários, a bancária Rosanne Rocha, do BNB, no quadro “Talento Bancário”, que mostrou toda a sua qualidade musical e artística no palco do evento. O espaço destinado aos “Talentos da Terra” contou com a apresentação da cantora Sheyla Maria, artista cearense que cantou, junto com o público, músicas de MPB.


Sorteios e prêmios – O quadro “Caça Talentos” destacou a bancária Karenina Palmela, do BNB, e o não bancário Leonardo Oliveira, que foram escolhidos pelo Júri Técnico. A bancária Rosângela Negreiros, do BNB, levou o prêmio “Caça Talentos”, sendo eleita por aclamação do público. Rosângela também levou o prêmio especial sorteado entre os bancários sindicalizados presentes no Botequim, no valor de R$ 1.000,00.


Encerrando a programação da noite, como atração principal do projeto cultural Botequim dos Bancários, a cantora Rafaella Manville, agradou o público com seu estilo diferente, com repertório marcado pelo axé e outros gêneros dançantes atuais.


“Esse espaço cultural e de convivência para os bancários é um lugar que abriga também o público fortalezense em geral. O Botequim dos Bancários faz o resgate da história da entidade no campo cultural. Teremos grandes atrações nas próximas edições”
Tomaz de Aquino, secretário de Cultura do Sindicato dos Bancários do Ceará