Financiários aprovam proposta das financeiras e garantem avanços

31

A Federação Nacional da Empresas de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) apresentou na segunda-feira, dia 3/11, uma proposta que contempla o mesmo aumento real dos bancários, de 2,66% (índice de 9,48%) para quem recebe até R$ 2.500,00 e de 0,93% (índice de 7,63%) para os trabalhadores com salários acima de R$ 2.500,00. Os financiários avaliaram e aprovaram a proposta na assembléia que aconteceu na sexta-feira, dia 7/11, às 18h30, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará. “Foi importante a presença dos financiários na assembléia para avaliação da proposta,” disse o diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Ricardo de Paula.


Ficou acordado que as diferenças salariais e os dos tickets serão pagas na folha de pagamento de novembro de 2008. Sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PLR), 50% da parcela fixa (R$ 574,77) será pago dez dias após a assinatura do acordo, e os 80% do salário mais os outros 50% da parcela fixa, até 14 de janeiro de 2009. A 13ª cesta alimentação será paga até o dia 20 de dezembro.


Entre as principais conquistas está o aumento do auxílio-refeição de R$ 15,25 para R$ 16,41, o adicional por tempo de serviço de R$ 14,73 para R$ 15,85, o auxílio creche/babá de R$ 152,36 para R$ 163,99 e a requalificação profissional, de R$ 677,15 para R$ 728,82.


“Mesmo com um cenário adverso, houve avanços relevantes nesse acordo dos financiários,” afirma o diretor do SEEB/CE, Eugênio Silva.


• Auxílio-refeição R$ 16,41

• Adicional por tempo de serviço R$ 15,85

• Auxílio creche-babá R$ 163,99

• Requalificação profissional R$ 728,82