Financiários do Ceará aprovam proposta da Fenacrefi para Convenção Coletiva

6


No último dia 22/10, o Sindicato dos Bancários do Ceará reuniu em assembleia os financiários do Estado que deliberaram pela aceitação da proposta apresentada pela Fenacrefi para celebração da Convenção Coletiva de Trabalho dos Financiários 2014/2015, além da Convenção Coletiva de PLR. O pagamento das diferenças salariais retroativas a 1º de junho será efetuada na folha de novembro.


A proposta foi construída em negociação ocorrida dia 14/10 quando a Fenacrefi apresentou reajuste de 8,22% nos salários (aumento real de 2,02%), correção de 8,73% nos pisos (2,50% acima da inflação) e adicional de 20% no valor fixo da PLR, uma reivindicação antiga da categoria. Diferentemente dos bancários, os financiários têm data-base em 1º de junho, sendo que a variação do INPC no período de 12 meses foi de 6,08%.


Após muita negociação, por vários anos, a Fenacrefi atendeu finalmente a reivindicação dos trabalhadores de adicional da PLR. Todos os financiários vão receber R$ 422,49 a mais este ano. Uma conquista extremamente importante, que reforça o poder de compra dos trabalhadores, com reflexo direto na economia brasileira. “Além dos avanços econômicos, outra reivindicação dos trabalhadores, aceita pela Fenacrefi, é a criação de uma comissão paritária que vai discutir PLR, saúde e condições de trabalho”, destacou o diretor do Sindicato, Ricardo de Paula.


Os financiários do Ceará deliberaram também sobre o desconto a ser feito nos salários dos empregados em razão da contratação realizada. O período de oposição vai de 27/10 a 7/11, na sede do Sindicato dos Bancários.