Financiários do Ceará aprovam proposta da Fenacrefi

11


Em assembleia realizada na quinta-feira, 18/10, os financiários do Ceará aprovaram a proposta apresentada pela Fenacrefi no dia 10/10 para a campanha salarial 2012/2013. Com data-base em 1º de julho, as financeiras ofereceram reajuste de 6,96% (aumento real de 2%) e de 7,96% (ganho real de 2,96%) nos pisos, auxílio refeição, cesta-alimentação e 13ª cesta. Já o valor fixo da PLR cresce 10%, passando de R$ 1.600,00 para R$ 1.760,00 com teto de R$ 7.998,50. Os financiários aprovaram também o desconto assistencial no valor de 1% sobre a remuneração bruta, descontado de uma só vez, em mês não coincidente com o pagamento do 13º salário.


“O acordo deste ano tem aumento real, valorização dos pisos e elevação da PLR, fazendo com que os financiários aprovassem a proposta”, afirma o diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Eugênio Silva.


O adiantamento da PLR deve acontecer 10 dias após a assinatura da convenção coletiva, no valor de R$ 1.056,00. A segunda parcela da PLR deve ser creditada em fevereiro e as diferenças salariais (tíquete refeição, vale alimentação e salário) serão pagas até novembro.


Verbas de alimentação – Com a proposta aprovada, o auxílio-refeição passa dos atuais R$ 20,38 ao dia para R$ 22,00; e a cesta-alimentação salta de R$ 321,46 para R$ 347,05 ao mês (mesmo valor da 13ª cesta).


Novas negociações – As negociações devem ser retomadas em março de 2013. Dois pontos principais, sem avanço nas negociações deste ano, devem estar na pauta: a unificação da data-base, o primeiro passo para uma convenção coletiva nacional, e a adequação da PLR ao modelo dos bancários.


Desconto assistencial – Os financiários que não estiverem de acordo com o desconto devem comparecer pessoalmente à sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), no período de 29/10 a 9/11, das 8h às 18h, munidos obrigatoriamente de identidade. É necessário o preenchimento de formulário próprio, assinado pelo financiário, se opondo ao desconto. O requerimento deve constar nome completo, financeira, matrícula funcional, prefixo da lotação e o nome da dependência – esses dados são exigidos pela própria financeira e são de responsabilidade do requerente. Não serão aceitas solicitações de terceiros. Mais informações pelo telefone: (85) 3252 4266.