Fórum destaca conquistas na Funcef e discute pendências

16

Ocorreu em Brasília, no dia 7/8, o segundo encontro do Fórum de Dirigentes de Entidades com Representantes Eleitos da Funcef. O colegiado reúne-se a cada três meses para discutir os temas relacionados à fundação e definir a estratégia de atuação dos representantes eleitos na diretoria e nos conselhos (Deliberativo e Fiscal).


No encontro, os diretores eleitos para a Funcef apresentaram um texto com balanço da sua atuação, no qual apontam as conquistas alcançadas desde 2003, os obstáculos e dificuldades encontrados ao longo desse período e as metas para o futuro (curto, médio e longo prazos).


A avaliação é de que, “dentro dos objetivos estratégicos para o mandato dos conselheiros eleitos e diretores indicados pelos participantes, de 2003 até a última eleição, foram desenvolvidas políticas que implicaram em avanços na administração da Funcef, bem como na sua abertura para a participação dos associados”. O presidente do SEEB/CE, Marcos Saraiva e o presidente da Apcef/CE, Laércio Alencar, estiveram presentes ao Fórum. Marcos Saraiva destacou que “é importante ressaltar e garantir melhorias para os aposentados da Caixa, conquistadas através da Funcef”.


Entre os avanços e conquistas dos últimos anos são colocados em destaque a equalização dos planos de benefício e o novo estatuto para a fundação.


O novo Estatuto, em vigor desde o último dia 1º de agosto, por força da portaria nº 1349 da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), é apontado como uma das mais importantes realizações dos participantes, uma vez que traz “avanços significativos na ampliação da democracia, da transparência e da segurança do patrimônio previdenciário dos integrantes da Funcef, com a instituição da paridade em todos os órgãos de governança”.


Entre as metas para o futuro, o documento dos diretores eleitos aponta a melhoria no atendimento, a conclusão do saldamento e Novo Plano, a revisão do método de financiamento do REG/Replan, a adequação da tábua de sobrevivência, a consolidação dos planos de investimentos e a adequação da gestão de investimentos, entre outras.


O documento dos diretores eleitos acolherá as contribuições apresentadas pelo fórum e ficará por um período aberto sugestões dos conselheiros eleitos. Concluída a redação, todos os eleitos (diretores e conselheiros) poderão assiná-lo.