Funcionários do BB devem ficar atentos aos debates sobre sustentabilidade da Cassi

10


Durante o Encontro Estadual dos Funcionários do BB, realizado dia 30/5, em Fortaleza, o conselheiro fiscal da Cassi e diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, José Eduardo Marinho, convidou os funcionários a se inserirem e acompanharem com atenção os debates relativos à situação da Cassi.


No último dia 19/5, em Brasília, aconteceu a segunda rodada de negociação sobre a sustentabilidade da Cassi entre o Banco do Brasil e os representantes de entidades dos funcionários do BB, da ativa e aposentados. No início da reunião, os representantes das entidades reiteraram que concordam com a proposta de ações estruturantes apresentadas pelos dirigentes eleitos da Cassi com base em estudos acompanhados por técnicos do BB. Insistiram na necessidade do aporte solicitado pelos eleitos. O BB repetiu que descarta a hipótese de aporte extraordinário.


O Banco concordou com os negociadores que representam o funcionalismo que o Modelo de Atenção Integral à Saúde, por intermédio da Estratégia de Saúde da Família, é a maneira mais adequada de garantir a saúde das pessoas, com ênfase na prevenção e não na cura. “A ESF e as CliniCassis são pilares do Sistema de Serviços de Saúde da Cassi. Compreender o que está em jogo para os participantes é de fundamental importância para a busca de soluções para a sustentabilidade, sem a perda de direitos em saúde conquistados ao longo da história do funcionalismo”, afirmou José Eduardo.