Funcionários do BNB do Ceará aceitam nova proposta do Banco

12


Em nova assembleia realizada no dia 27/9, os funcionários do Ceará aprovaram a proposta do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) apresentada no dia 26/9, durante rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT e assessorado pela Comissão Nacional dos Funcionários do BNB.


O Banco afirmou seguir a proposta apresentada pela Fenaban, além de aceitar alguns pontos da minuta específica de reivindicações, tais como: ampliação da licença paternidade de cinco para 10 dias; ampliação do horário amamentação de seis para nove meses; ampliação da licença por Doação de Sangue de um para dois dias; mesa temática de previdência e saúde; assinatura do Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho; cumprimento de regras de segurança relacionadas ao transporte de numerário; implantação do ponto eletrônico em 2012; proteção aos clientes e caixas com implantação de biombos; continuidade do programa de saúde alimentar do trabalhador;  e estabilidades para membros do Conselho de Ética.


A proposta para a PLR 2012 é distribuir até 9% do lucro líquido do Banco, como autorizado pelo DEST, seguindo a regra proposta pela Fenaban (90% do salário + R$ 1.540,00 fixos), não limitado ao montante de R$ 8.414,34 da proposta da federação dos bancos. Além disso, o Banco propõe 2% do lucro líquido distribuído de forma linear a título de adicional e 3% do lucro líquido, também de forma linear, a título de PLR Social.


Veja proposta específica do BNB:


PLR – O banco apresentou como proposta para a PLR 2012 distribuir até 9% do lucro líquido do Banco, conforme autorização do DEST, seguindo a regra proposta pela Fenaban (90% do salário + R$ 1.540,00 fixos), não limitado ao montante de R$ 8.414,34 da proposta da federação dos bancos.


Além disso, o Banco propõe 2% do lucro líquido distribuído de forma linear a título de PLR adicional e 3% do lucro líquido, também de forma linear, a título de PLR Social.


Piso – Segundo a proposta do BNB, os empregados contratados como analistas bancários ingressarão com remuneração mínima de R$ 1.892,00, definida como salário de ingresso. Após 90 dias, os empregados que em 01.09.2012 estiverem recebendo salário de ingresso migrarão para a referência Analista Bancário 3.


PCR – Em relação ao PCR (Plano de Carreiras e Remuneração), o BNB se comprometeu em buscar uma solução para a revisão do plano junto ao Dest, defendendo a proposta cons-truída no grupo de trabalho. Também garantiu que vai estabelecer calendário de negociação com a Comissão Nacional.


Outros avanços


• Contratação de 300 funcionários até o final do ano, com abertura de 32 agências;


• Ampliação da licença-paternidade de 5 para 10 dias;


• Ampliação do horário amamentação de 6 para 9 meses;


• Ampliação da licença para doação de sangue de um para dois dias;


• Continuação dos trabalhos na Mesa Temática de Previdência e Saúde;


• Assinatura do protocolo para combate ao assédio moral, conforme a convenção coletiva;


• Aceitação da cláusula de cumprimento de regras de segurança relacionadas a transporte de numerário;


• Aceitação da cláusula de implantação do Ponto Eletrônico em 2012;


• Aceitação de cláusula para colocação de biombos de proteção para clientes e caixas para combater o crime da “saidinha de banco”.


Cronograma proposto pelo BNB


• Assinatura do Acordo Coletivo: 08/10/12


• Pagamento da diferença dos salários de setembro: 25/10


• Pagamento do Adiantamento de PLR: 22/10


• Pagamento da 13ª cesta-alimentação: 1º dia útil de novembro


• Pagamento das diferenças do auxílio refeição e auxílio alimentação: 1º dia útil de novembro.