Funcionários do BNB reclamam do aumento na contribuição da Camed

12


Tão logo tomaram conhecimento que o aumento da contribuição em folha para a Camed fora autorizado pela Sest, com a anuência da diretoria do Banco – que também terá seu percentual elevado para o mesmo patamar – funcionários do BNB em todo o Nordeste procuraram a coordenação da Comissão Nacional para protestar contra a majoração.


A contribuição passará dos atuais 1,5% para 2,5% do salário bruto mensal para Camed, com igual contrapartida do patrocinador, informou a direção da Camed, acrescentando que todas as demais contribuições debitadas em conta ficarão congeladas no valor até então cobrado.


A Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, através do Sindicato dos Bancários do Ceará e da Contraf-CUT, está avaliando que medidas poderá tomar urgentemente em defesa dos interesses de seus associados.


“A elevação da contribuição dos funcionários para a Camed vai na contramão do que é reivindicado pelos trabalhadores do Banco na pauta específica de reivindicações, aprovada no último Congresso dos Funcionários e recentemente entregue à direção do Banco. O que se reivindica é que o BNB passe a contribuir com 3% da folha salarial total paga pela Instituição e para os funcionários incida apenas o que for conseguido de reajuste salarial sobre as contribuições com débito em conta, permanecendo a contribuição em folha no mesmo patamar de 1,5% que é hoje “
Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato e coordenador da CNFBNB