Governo troca Bradesco por Correios na administração do Banco Postal

23

O Governo Federal anunciou recentemente que o Banco Postal passará a ser administrado pelos Correios e não mais pelo Bradesco. Para isso, de acordo com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, será necessário romper o contrato feito pelo Bradesco, que estabelece que a instituição financeira deveria administrar o Banco Postal até 2009.

O Sindicato dos Bancários vai acompanhar o processo de perto, pois os funcionários que trabalham hoje no Banco Postal exercem serviços bancários e têm de ter os mesmos direitos da categoria. Destacando que, caso a mudança seja concretizada, o movimento sindical exigirá que os bancários que trabalham no Bradesco e que dão suporte ao Banco Postal sejam reaproveitados na instituição financeira.

Desrespeito – Desde que o Banco Postal foi criado, em 2001, o Sindicato tem feito críticas à forma como foi implementado, principalmente nos grandes centros urbanos. Além de desrespeitar vários direitos dos funcionários – jornada, PLR, entre outros – muitas instalações foram disponibilizadas ao lado de agências bancárias. Ou seja, um “artifício” para empurrar a população para postos de atendimento e não ter de investir na estruturação das agências ou contratar mais funcionários.