Grupo de trabalho aprova criação de comitês de acompanhamento

30

O grupo de trabalho que reúne representantes dos bancários e do banco para discutir e propor soluções aos problemas de saúde na Caixa Econômica Federal, conhecido como GT Saúde, aprovou na terça-feira, dia 7/7, a criação de comitês de acompanhamento do Saúde Caixa em cada uma das 15 Gipes (Gerência de Pessoas) espalhadas pelo País.


Cada comitê, que terá a função de acompanhar os processos de credenciamentos e descredenciamentos do Saúde Caixa nas Gipes, vão contar com cinco representantes indicados pelos sindicatos e dois pela direção do banco, sendo que pelo menos um dos sete membros deve ser empregado da ativa e um aposentado. As reuniões serão trimestrais, mas em caso de necessidade poderá haver encontros extraordinários.


Além dos comitês de acompanhamento, na reunião realizada em Brasília nos dias 6 e 7/7, o GT Saúde também discutiu a RH052, que trata de acidentes de trabalho. Houve avanços na discussão, mas a reunião não foi conclusiva e continuará em agosto.


“A criação dos comitês de acompanhamento do Saúde Caixa é uma antiga reivindicação dos empregados, que dependia da definição de critérios e de parâmetros para seu funcionamento. Por isso representa um avanço importante no esforço dos empregados em melhorar cada vez mais o atendimento do Saúde Caixa e a saúde dos trabalhadores”, afirma Plínio Pavão, secretário de Saúde da Contraf-CUT.