HOMENS UNIDOS NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

45


O dia 6 de dezembro de 1989 entrou para a história de forma dramática. Nessa data, Marc Lépine, um jovem de 25 anos, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica de Montreal no Canadá e atacou 28 pessoas, matando 14 mulheres. Em seguida, cometeu suicídio. Depois de separar os alunos e alunas, Marc atirou somente nas mulheres, afirmando que estava lutando contra as feministas. Esse terrível episódio ficou marcado como “O Massacre de Montreal”.


Em resposta a essa atrocidade, um grupo de homens canadenses tomou a iniciativa de organizar um movimento para combater a violência de gênero. Assim, nasceu a Campanha do Laço Branco. Desde então, o 6 de dezembro foi definido como dia de mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres. A campanha do Laço Branco foi apontada pela ONU como a principal iniciativa mundial para o envolvimento dos homens com a questão da violência contra as mulheres.


No Brasil, a Campanha do Laço Branco teve seu lançamento oficial em 2001. Com aprovação da Lei nº 11.489/17, o 6 de Dezembro foi instituído como Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência contra as Mulheres. O Sindicato dos Bancários do Ceará apoia essa campanha.