IBGE revisa PIB de 2008 e eleva crescimento da economia para 5,2%

33

O IBGE divulgou a revisão final dos dados do PIB (Produto Interno Bruto) de 2008 e constatou que o crescimento da economia naquele ano foi de 5,2%. Pelos dados preliminares, calculados com base nas informações trimestrais do PIB, a expansão havia sido de 5,1%.


Sob a ótica da produção, a principal diferença foi constatada na indústria, cujo crescimento foi revisado de 4,4% para 4,1%. Em serviços, a taxa passou dos 4,8% preliminares para 4,9%. Já na agropecuária, o dado original de 5,7% foi elevado para 6,1%. Do ponto de vista da demanda, a maior variação ocorreu no consumo das famílias, que passou de uma taxa de crescimento de 7,0% para 5,7%.


A Formação Bruta de Capital Fixo, que mede os investimentos, teve pequena oscilação, subindo de 13,4% para 13,6%. Com a revisão, o PIB em valores correntes alcançou um resultado de R$ 3,032 trilhões. O dado ainda preliminar de 2009, que teve o desempenho afetado pela crise econômica mundial, apontou a primeira retração na atividade econômica desde 1992, com queda de 0,2% no confronto com 2008.


Segundo o Boletim Focus, divulgado semana passada, o mercado elevou a previsão para o crescimento do PIB neste ano de 7,55% para 7,60% e manteve a estimativa para 2011 em 4,50%.