Iniciada campanha por melhores condições de trabalho

50

Filas enormes, poucos funcionários para atender à população e precárias condições de trabalho. Este foi o quadro encontrado na agência do Banco do Brasil em Maracanaú, durante manifestação realizada na quarta-feira, dia 5/3, pelo Sindicato dos Bancários do Ceará. No ato, os dirigentes do SEEB/CE cobraram o pagamento das substituições e melhores condições de trabalho para os funcionários.


Esta foi uma mobilização que inicia um conjunto de manifestações que irão acontecer no mês de março nas agências do BB. Desde maio de 2007, com a redução de mil caixas, os funcionários do Banco do Brasil foram substituídos e sofrem com carga de estresse contínuo, não tendo direito a condições mínimas de trabalho.


O Banco do Brasil teve um lucro de mais de R$ 5 bilhões, mas essa lucratividade não tem sido investida nas condições de trabalho. “O Sindicato dos Bancários encampa essa luta no mês de março em defesa dos bancários e da população, cobrando melhoria ao atendimento público e que os lucros sejam revestidos em benefício para a população e aos salários dos funcionários”, defende Carlos Eduardo, diretor do SEEB/CE e funcionário do Banco do Brasil.