Itaú lucra R$ 3,4 bi, mas faz gol contra ao fechar 1.964 postos de trabalho em 2012

11

O Itaú Unibanco, cuja propaganda fala em “vamos jogar bola”, divulgou no dia 24/4, um lucro líquido de R$ 3,426 bilhões no primeiro trimestre deste ano. No entanto, o banco marcou gol contra ao fechar 1.964 postos de trabalho no período, o que acumula um corte de 7.728 vagas nos últimos 12 meses.


Segundo dados do Dieese, a instituição que tinha 104.022 funcionários em março de 2011, diminuiu para 98.258 em dezembro e reduziu para 96.204 em março de 2012, sendo “rebaixado” para a segunda divisão no campeonato do emprego.


“Estamos cobrando negociação específica com urgência para discutir o fim das demissões e da política de rotatividade no Itaú. O banco que mais lucra não gera nenhum emprego e, pelo contrário, ainda segue fechando vagas, pisando na bola do emprego”, disse Ribamar Pacheco, funcionário do Itaú e representante do Nordeste na Comissão de Empresa dos funcionários do Itaú (COE Itaú).


“Com todo esse lucro, além de suspender imediatamente a política de demissões e rotatividade, o Itaú tem que remunerar melhor os craques da bola, que são os funcionários do banco, com a melhoria dos salários em vez dos bônus dos executivos, a valorização do Programa Complementar de Resultados (PCR), que está sendo negociado com as entidades sindicais, e a garantia de condições dignas de trabalho, que começam com o registro correto da jornada no ponto eletrônico”, conclui Ribamar Pacheco.