Itaú mantém liderança no lucro semestral dos bancos privados

19

O Bradesco divulgou, no último dia 6/8, seu lucro líquido do primeiro semestre de 2007. A instituição rompeu a barreira dos R$ 4 bilhões em um crescimento de 27,9% em relação ao mesmo período do ano passado.


Mais o espantoso lucro divulgado pelo Bradesco conseguiu ser ultrapassado pelo banco Itáu, que lucrou no primeiro semestre de 2007, R$ 4,016 bilhões, contra R$ 4,007 bilhões do concorrente.


O resultado do Itaú ultrapassou o lucro líquido do banco no mesmo período de 2006, que foi de R$ 2,958 bilhões. De acordo com estudo da consultoria Economática, o resultado do Itaú no semestre passa a ser o maior obtido por um banco privado brasileiro nos últimos 20 anos.


O lucro do Unibanco, divulgado no dia 9/8, foi de R$ 1,422 bilhão nos primeiros seis meses de 2007. O crescimento em relação ao mesmo período do ano passado foi de 33%.


Os bancários reivindicam sua parte no lucro exorbitante dos bancos, que é fruto principalmente, do trabalho do funcionalismo.

Unibanco antecipa PLR – O Unibanco anunciou dia 10/8, a antecipação da PLR. Os bancários receberão no dia 30/8, 40% do valor da participação mais R$ 414,00. O banco também divulgou que pagará o PRU (Programa de Remuneração Unibanco). No entanto, apenas os funcionários que tiveram conceito A no primeiro semestre recebem essa remuneração.