Itaú muda a data da folha e prejudica funcionários do Unibanco

38

O Itaú/Unibanco informou aos seus funcionários na quarta-feira, dia 17/6, que a data da folha de pagamento dos bancários do Unibanco será unificada com a dos trabalhadores do Itaú. Com isso, o crédito dos salários dos funcionários do Unibanco será feito sempre no dia 27 de cada mês, e não mais no dia 25, como ocorria antes do processo de aquisição do banco pelo Itaú. Segundo o comunicado interno, a medida será aplicada a partir do mês de setembro.


A atitude do Itaú/Unibanco foi unilateral e prejudica o planejamento financeiro dos bancários do Unibanco. Os funcionários estão habituados a receber os salários no dia 25. A maioria das pessoas possui pagamentos programados para débito em conta nesta data. O correto seria adiantar a folha dos bancários do Itaú para o dia 25. Isto não faria diferença alguma para o Itaú/Unibanco.


Em nenhum momento das negociações específicas com a Comissão de Organização dos Empregados do Itaú/Unibanco, a instituição colocou este tema em pauta. O banco não deu a devida importância ao assunto e não está preocupado com os transtornos que irá causar aos funcionários do Unibanco.


O diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará e funcionário do Itaú/Unibanco, Alex Citó, também não concorda com a forma que a decisão foi tomada. Para ele, o banco não se preocupou se a mudança de data iria ou não prejudicar os funcionários. “O que causa estranheza é que, mais uma vez, a decisão é unilateral e o que os funcionários pensam não tem importância. Já em relação ao prazo, seria melhor administrado se fosse de 4 a 6 meses, para os funcionários irem se organizando. Isso vai causar um desconforto na vida deles”, afirmou.