Justiça proíbe redução de salários dos empregados

19

O Sindicato dos Bancários de Brasília obteve liminar contra a decisão de estabelecimento da CI 293 pela Caixa Econômica Federal, em 12/1, na Justiça do Trabalho. Através dessa circular, a Caixa decidiu estabelecer redução de jornada de trabalho para 6 horas diárias com redução de salários para os empregados de cargos técnicos que ingressaram na Justiça questionando a jornada de 8 horas.

Nos termos da decisão, o juiz do Trabalho da 4ª Vara de Brasília, Denílson Bandeira Coelho, defere medida cautelar determinando à CEF que não promova qualquer diminuição dos salários de seus empregados com cargos técnicos e de assessoramento. O descumprimento da decisão do juiz de Brasília por parte da Caixa acarretará em multa de R$ 5.000,00, por funcionário.

Os sindicatos dos bancários de Campinas, Espírito Santo, Pará/Amapá e de Campo Grande (MS) também conseguiram na Justiça decisão favorável ao pedido de liminar. O Sindicato dos Bancários do Ceará também entrou na Justiça com pedido de liminar, pedindo, além da sustação da CI 293, que todos os efeitos da medida sejam revertidos de pronto. A ação está tramitando na Justiça. “Está péssima a relação da Caixa com seus empregados, de total assédio moral. É hora de unirmos as forças contra essa política nefasta da Caixa. Temos que fazer o enfrentamento”, analisou o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Saraiva.