Justiça suspende novo concurso do Banco do Brasil em SP

23

vagas para o cargo de escriturário em agências de São Paulo. O concurso estava previsto para acontecer no dia 1º de junho. A ação foi proposta pelos candidatos aprovados em 2006, que não foram chamados. O prazo de validade do concurso vai até junho deste ano, ou seja, ainda não expirou e pode ser prorrogado por mais dois anos.


No despacho do juiz, proferido no dia 6/5, a alegação é de que o Banco do Brasil viola o princípio da moralidade administrativa, por passar a impressão que o grande objetivo é a obtenção de recursos de candidatos, já que efetivamente não convoca os aprovados, limitando-se a realizar concursos seguidos. O Sindicato considera imoral a postura do Banco do Brasil de não prorrogar a validade do concurso.