Lucro do BB aumenta e Sindicato cobra PLR

21


Após o Banco do Brasil divulgar seu balanço, sendo um dos últimos a divulgar os resultados de 2015, o Sindicato cobra a antecipação do pagamento da PLR. Pelo Acordo do BB, o pagamento da PLR deve ocorrer até dez dias úteis após a distribuição de dividendos aos acionistas. O banco já provisionou o pagamento aos acionistas no dia 11/3, e tem até dez dias, depois dessa data, para pagamento da PLR dos funcionários. No Acordo Especifico tem adicional de 4% do lucro líquido para distribuir linearmente com os bancários, além da regra da Fenaban.


O Sindicato cobra o pagamento da PLR no mesmo dia da cota dos acionistas. Os funcionários esperam por isso, uma vez que eles foram decisivos para o alto lucro do banco e merecem o pagamento de imediato. A demora do BB em divulgar seu lucro de 2015 deixou os funcionários na expectativa, mas o Sindicato espera resolver essa questão como já ocorreu em anos anteriores.


Apesar do lucro, banco corta empregos


O Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 14,4 bilhões em 2015, 28% a mais que no ano 2014. Apesar do excelente resultado, o BB reduziu 2.437 postos de trabalho em 2015. O Sindicato alerta que, enquanto postos de trabalho são eliminados, os funcionários estão adoecendo, com a sobrecarga de serviços. A reivindicação é mais contratações.