Lucro em nove meses chega a R$ 7 bilhões e BB diminui número de funcionários

15


O Banco do Brasil lucrou R$ 7,070 bilhões, nos primeiros nove meses de 2016. O valor representa queda de 40,5%, em relação ao mesmo período de 2015. Segundo o banco, essa diferença decorreu principalmente da criação da Cateno, no ano anterior, e da maior provisão relacionada ao caso específico do segmento empresarial de óleo e gás ocorrida no 1S16.


O banco somou 5.430 agências em setembro de 2016, seis a mais que no mesmo mês de 2015. O número de clientes também cresceu em 1,227 milhão, somando 64,6 milhões de clientes. Em contrapartida, são 193 a menos que em setembro de 2015. O banco registrou 109.159 trabalhadores em setembro deste ano.


O lucro do banco é grande o suficiente para que, ao invés de fechar agências, possa melhorar o atendimento aos seus clientes, com mais contratações e abrindo novos concursos. O lucro mostra que os funcionários do BB continuam trabalhando muito e, de fato, merecem uma valorização por isso. Na pauta específica de reinvindicações que será discutida nos próximos dois anos em mesas específicas, os funcionários esperam do banco o reconhecimento pelo seu esforço.