Luta pela isonomia nos bancos públicos será intensificada

54

A Campanha pela Isonomia de Direitos organizada pela Contraf-CUT, pelas federações estaduais e pelos sindicatos ocorre em todo o País e em todos os bancos públicos federais. Como forma de incrementar e dar seqüência à campanha, a diretoria da Contraf está propondo algumas atividades. Haverá a realização do Dia Nacional de Luta por Isonomia nos Bancos Públicos, em 14/6.


A Contraf deve fazer uma articulação com parlamentares nos Estados no âmbito da Câmara Federal e do Senado, além da elaboração de proposta de “isonomia” a ser aprovada no Encontro Nacional pela Isonomia marcado para o dia 6/7, em Brasília, com intuito de mobilizar a categoria para aprovação da proposta a ser encaminhada às direções dos bancos.


Serão convidados para o evento o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e os deputados Daniel Almeida, autor projeto de lei 6259/05, que estende aos novos concursados dos bancos públicos federais os mesmos direitos dos empregados antigos, e Tarcísio Zimmermann (PT-RS), relator do projeto na Comissão do Trabalho da Câmara. Na ocasião, os bancários entregarão aos parlamentares o abaixo-assinado manifestando apoio ao projeto de lei.


O dia 30/6 fica estabelecido como data final para a coleta de assinaturas em favor do projeto de lei. A Contraf marcará audiência com presidentes de BB e Caixa no mesmo dia para a entrega do documento. Marcará também audiência com os presidentes do BNB e BASA em outras datas próximas para proceder a entrega nos mesmos moldes.