Mais de 200 mil bancários responderam ao censo

47

A Febraban divulgou os resultados da pesquisa que servirá de base para a elaboração do Mapa da Diversidade no setor bancário. Dos 396.949 trabalhadores dos bancos que aderiram ao programa, 202.460 responderam à pesquisa, alcançando 51% dos bancários.


Os números foram divulgados no último dia 30/6, em Brasília, em reunião do GT Apoio Técnico do Projeto de Valorização da Diversidade nos Bancos, que reúne, além da Febraban, Contraf/CUT, MPT, OIT, IPEA, IBGE, ABN Real e Caixa. Uma nova reunião do grupo ficou agendada para o dia 18/8.


Os banqueiros informaram ainda os próximos passos do projeto, que serão: tratamento dos dados do censo – consistência, cruzamento, validação e organização em tabelas e gráficos; análises qualitativas e quantitativas – identificação de oportunidades e obstáculos; conclusão e sistematização dos “cases” coletados – análise, tratamento pelos especialistas e recomendações para planos de ação; conclusão e sistematização da pesquisa de RH – análise, tratamento e recomendações para planos de ação.


A secretária de Políticas Sociais da Contraf/CUT Arlene Montanari avalia que “este número de respostas seja adequado para a avaliação que tanto reivindicamos, e que mostre realmente o verdadeiro rosto dos bancários, para que, num segundo momento, possamos eliminar as barreiras para a efetiva equidade na contratação, ascensão e igualdade de oportunidades e de tratamento para todos e todas, sem exceção”, sustenta.