Manifestação antecede negociação e cobra respostas para o funcionalismo

40

          


Antecedendo a retomada das negociações da mesa permanente, o Sindicato dos Bancários do Ceará realizou uma manifestação na quinta-feira, dia 1º/7, com o objetivo de cobrar do Banco respostas urgentes para várias pendências do funcionalismo. Com uma alusão à Copa do Mundo, o Sindicato mostrou que as pendências dos trabalhadores estão com placar de 0 x 0, como: isonomia, ação de equiparação, ponto eletrônico, revisão do PCR, ATS/Folgas, plano de função e extensão da licença-prêmio. Além disso, dirigentes do Sindicato do Ceará e de outras bases sindicais conclamaram os bancários do BNB à mobilização e ao fortalecimento da unidade.


O diretor do Sindicato dos Bancários de Alagoas, Jairo França, elogiou a participação massiva dos funcionários como forma de fortalecer a mesa de negociações. “A nossa força é movida pela mobilização do funcionalismo. Temos que mostrar nossa unidade a partir de agora para construirmos uma campanha salarial vitoriosa”, afirmou.


O coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT), Tomaz de Aquino, também enfatizou a importância da mobilização e da unidade do funcionalismo. “Temos que nos indignar com a morosidade, pois várias pendências são postergadas a cada reunião. É claro que temos que reconhecer os avanços que conquistamos graças a muita negociação e diálogo, mas muito ainda há para avançar e um dos caminhos é o da luta”, concluiu.