Manutenção do emprego é proposta central da Campanha Nacional em 2017

11


A reunião do Comando Nacional dos Bancários no dia 16/5 propõe que a Campanha Nacional de 2017 seja voltada para a manutenção do emprego, sem precarização das relações de trabalho. O Comando orienta que os encontros distritais, regionais e nacionais tenham como foco o combate à terceirização para atividade-fim; barrar avanços na área digital que precarizam as condições de trabalho; defesa dos bancos públicos e debates sobre os impactos das reformas trabalhistas e previdenciárias.


Houve ainda um painel sobre os diversos pontos de precarização dos direitos dos trabalhadores presentes nas propostas de reforma trabalhistas e previdenciária. O advogado trabalhista e doutor em Direito, Ericson Crivelli, destacou as perdas à classe trabalhadora, como acordos coletivos prevalecem sobre a legislação; institucionalização do trabalho intermitente e home office; dificuldades para realização de ações trabalhistas; enfraquecimento da Justiça do Trabalho e permissão da terceirização para atividade-fim.


Agenda dos trabalhadores do ramo financeiro:

• 27/5: Encontro Estadual dos Bancários do Ceará

• 1º a 3/6: 2ª Conferência Nacional dos Financiários

• 6 a 8/6: Encontros Nacionais de Bancos Privados

• 30/6 a 2/7: Conecef – Caixa

• 30/6 a 2/7: CNFBB – Banco do Brasil

• 7 e 8/7: CNFBNB – Banco do Nordeste

• 14 a 16/7: Conferência Regional Nordeste

• 28 a 30/7: 19ª Conferência Nacional dos Bancários