Militantes de todo o Ceará participaram do 12º Congresso Estadual da CUT

13

O 12º Congresso Estadual da CUT-CE, realizado em Beberibe, de 10 a 12/5, contou com a presença de 557 delegados de todas as regiões do Ceará e de membros da direção nacional da CUT. O Congresso fez homenagem ao centenário do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e trouxe o Nordeste representado em toda a mística do evento, que contou com recepção de seis crianças, filhos de diretores da entidade, que falaram do futuro da CUT e da luta pelo trabalho decente e qualidade de vida para classe trabalhadora. A abertura também contou com a apresentação do Balé Folclórico Arte Popular de Fortaleza, que levantou o auditório lotado.


A mesa de abertura foi composta por toda a executiva estadual da CUT no Ceará, liderada pelo presidente Jerônimo Nascimento, pelo presidente da CUT Nacional, Artur Henrique, da secretária da mulher da CUT, Rosane Silva. Também participaram representantes de federações e confederações cutistas e parlamentares.


Artur Henrique elogiou a capacidade de aglutinação apresentada na mesa de abertura. “Essa brilhante e representativa mesa mostra a riqueza e o volume colocados neste congresso. A CUT Nacional, nossos sindicatos e federações sempre tiveram como exemplo o trabalho desenvolvido pela CUT no Ceará, rico instrumento de luta e transformação da vida da classe trabalhadora cearense. Um grande congresso para todos nós, parabéns a CUT Ceará”.

Homenagem – A direção estadual da CUT-CE prestou uma homenagem ao presidente Jerônimo do Nascimento. “Eu tenho procurado na minha vida de militância semear a concórdia, a esperança e a paz”, agradeceu. Na sexta-feira (11/5) o presidente nacional da CUT, Artur Henrique, fez uma análise de conjuntura dos cenários internacional, nacional e estadual, com debate em seguida. No sábado (12/5), encerrando o Congresso, os delegados escolheram a nova diretoria da CUT-CE.