Mobilização será a chave para arrancar proposta, dizem bancários

21

       

Seguindo orientação do Comando Nacional, o Sindicato dos Bancários do Ceará realizou no último dia 10/9, manifestação no Bradesco/BCN, na Rua Barão do Rio Branco, no Centro de Fortaleza, com panfletagem e ato político durante toda a manhã, em protesto contra a enrolação dos banqueiros na mesa de negociações da Campanha Nacional da categoria.


Essa mobilização do SEEB/CE foi um recado para a Fenaban, segundo denunciaram os dirigentes sindicais, lembrando que em quatro rodadas de negociação realizadas até agora, os bancos não apresentaram nenhuma proposta sobre as reivindicações dos bancários, nem sobre as demandas econômicas, nem em relação à proteção ao emprego, e tampouco sobre as melhorias das condições de trabalho, o combate ao assédio moral e às metas abusivas, sobre segurança e promoção da igualdade de oportunidades.


“Não há porque os bancos enrolarem mais, haja vista que o setor financeiro não sofreu qualquer impacto da crise econômica. E, ainda foi quem apresentou os maiores lucros de toda a economia no primeiro semestre deste ano”, disse Gabriel Motta, diretor do SEEB/CE. Para ele, a partir de agora a categoria deve ampliar a mobilização e a pressão para que os banqueiros apresentem na próxima negociação, no dia 17/9, uma proposta que contemple as expectativas da categoria.