Mostras dos cineclubes é destaque na programação de julho da Vila das Artes

4


Neste mês de julho, a Vila das Artes, equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza vinculado à Secretaria de Cultura, está realizando oficina de captação e edição e trazendo mostras dos cineclubes em sua programação.


Oficina: Até 19 de julho, das 14h às 18h, acontece a oficina de Captação e Edição em Audiovisual. A finalidade é trazer noções de operação de câmera e edição. Durante a oficina, os participantes gravarão um curta que será exibido no encerramento. Pode participar qualquer pessoa que tenha interesse no as-sunto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (85) 3105.1404.


Cineclubes: As terças-feiras são dedicadas ao Cineclube CCBNB, sempre às 17h. Este mês, acontece a mostra Policial Noir, trazendo películas filmadas em preto-e-branco e em alto contraste, com raízes na cinematografia do expressionismo alemão, características dos filmes do gênero.


Dando continuidade à mostra Sganzerla – cinema SIM, marginal NÃO, o Cineclube Vila das Artes exibe filmes do cineasta brasileiro Rogério Sganzerla, às quartas-feiras, às 18h30. O título faz referência direta à postura de Sganzerla em ser considerado como representante do dito “Cinema Marginal”, rótulo que tanto renegava. Este mês, a mostra traz filmes que falam da trajetória do cineasta.


Em julho, os filmes conhecidos como trash dão a tônica do Cineclube 24 Quadros, com a mostra O Bom do Ruim: Trash Movies, toda sexta-feira, às 18h30. A mostra presta homenagem aos filmes do gêne-ro, que em seus primórdios eram associados a produções de baixo orçamento, geralmente de terror e a uma estética fake exacerbada.


Programação Cineclubes


• Cineclube CCBNB, terça-feira, às 17h. Mostra Policial Noir

Dia 16, A Marca da Maldade, de Orson Welles; Dia 23, O Grande Golpe, de Stanley Kubrick; Dia 30, Vertigo – Um Corpo que Cai, de Alfred Hitchcock.

• Cineclube Vila das Artes, quarta-feira, às 18h30. Sganzerla – cinema SIM, marginal NÃO

Dia 17/07 – BELAIR. (2009) (de Noa Bressane e Bruno Safadi, Documentário – 80min – Livre; Dia 24, Curtas: “A Reinvenção da Rua” (de Helena Ignez, Documentário, 27 minutos, Montagem Rogério Sganzerla. Livre /“A Miss e o Dinossauro – Bastidores da Belair “ (2005.) de Helena Ignez, Documentário – 17 minutos – 16 anos; Dia 31, “Horror Palace Hotel” (1978), de Jairo Ferreira – Codireção e montagem: Rogério Sganzer-la, Documentário – 50 min – Livre.


Cineclube 24 Quadros, Sexta-feira, às 18h30. Mostra O Bom do Ruim: Trash Movies

Dia 19, A Febre do Ouro, de Paul Bartel; Dia 26, Náusea Total, de Peter Jackson.