Na visão do bancário aposentado Airton Fontenele

76

No próximo dia 8 de junho vai ser aberta uma nova página na história da Copa do Mundo. É a 17ª Copa. Até o seu término, o Jornal Tribuna Bancária trará matérias sobre a Copa do Mundo e a Seleção Brasileira, extraídas dos cinco livros e acervo pessoal sobre futebol do bancário cearense aposentado do BNB, Airton Fontenele, 79 anos. Segundo Airton, pesquisador e historiador do tema, toda Copa do Mundo é sempre uma incógnita. Mas sobre a próxima disse: “O Brasil é o grande favorito e os jogos da 1ª fase serão de consolidação, de afirmação para o time”.

Airton Fontenele é especialista no tema Copa do Mundo e Seleção Brasileira. Passou a gostar de futebol depois da Copa de 1938. Um convite de um irmão para ouvir a estréia do Brasil no Mundial mudou tudo. Aquele jogo entre Brasil e Polônia que terminou em 6 x 5 para o Brasil fez Airton começar a pesquisar tudo sobre os temas Seleção Brasileira e Copa do Mundo. Ele se especializou no tema e, por isso, tem um acervo grandioso e de qualidade sobre os dois assuntos.

Em sua casa mantêm um acervo que leva o nome de Sala João Saldanha. Ali são encontrados os cinco livros de sua autoria e 200 de outros autores; 50 álbuns sobre o futebol, especialmente a Copa do Mundo, preparados por Airton; enciclopédias (espanhola, polonesa e brasileira); revistas brasileiras (Placar) e estrangeiras (El Gráfico – Argentina, Don Balon – Espanha, entre outras); publicações da Fifa (Fifa News, Fifa Magazine e informes técnicos das copas); mais de 500 vídeos e áudios com jogos da Copa do Mundo; entrevistas históricas (Havelange, Zezé Moreira, Ademir “Queixada”, Zizinho e muitos outros); mais de dois mil artigos seus desde 1947.

Sua vida de escritor começou após a aposentadoria no Banco do Nordeste do Brasil. Por encontrar muitas falhas em outras publicações e em jornais, juntou todo o seu material e fez seu primeiro livro – “Futebol – Seleções das Seleções”, com apoio da APCDEC e do Banco do Nordeste – onde foi impresso. O livro teve apresentação do jornalista João Saldanha, com orelha de Blanchard Girão; e com carta de apoio de João Havelange, então presidente da Fifa.

O seu segundo livro foi lançado em 1989 e se chamava “O Brasil na Copa América”, livro oficial da CBF por ocasião da Copa América realizada no Brasil. O terceiro foi em 1998, pela Livro Técnico. O livro foi “O Brasil nas 15 Copas” e mostrava a campanha do Brasil nos mundiais realizados de 30 a 98. O autor está relançando o livro “O Brasil em Todas as Copas – História, Curiosidades, Estatísticas – 1930/98”, com história, estatísticas e muitas informações de todos os 16 mundiais realizados.

Lançamento – O quinto livro de Airton Fontenele – “O Brasil na Rota da Alemanha” será lançado no próximo dia 16/5 (terça-feira), às 19h30, no Shopping Center Um, pela Edição Livro Técnico, com apoio da Oboé. Nessa obra, o escritor mostra como o futebol e especialmente a Copa do Mundo e a Seleção Brasileira estão incorporadas à vida dos brasileiros. Segundo ele, “futebol é um bálsamo para amenizar os inúmeros problemas na vida dos brasileiros”. Sobre a última conquista do Brasil, o penta em 2002, disse: “seria ótimo que conquistas como esta tivessem uma maior influência no governo e que os políticos seguissem o exemplo dos que lutam tanto para ganhar uma Copa do Mundo. E que, quando o futebol acabasse, nós empregássemos esse patriotismo na melhoria social dos brasileiros”.