Negociação do BNB garante renovação de nove cláusulas e criação de Conselho de Usuários da Camed

20

Em negociação realizada dia 5/9, em Fortaleza, a Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) conquistou, junto à direção do banco, a renovação de nove cláusulas do acordo 2007/2008, das 37 integrantes do bloco de cláusulas sociais constantes da pauta específica de reivindicações. A negociação garantiu, ainda, a inclusão, no acordo 2008/2009, da cláusula que cria o Conselho de Usuários da Camed, destinada a acompanhar, divulgar e sugerir ações de proteção e melhoria da qualidade de vida dos integrantes do Plano de Autogestão.


Da pauta apresentada, a direção do banco destacou sete cláusulas, comprometendo-se a apresentar posicionamento final na próxima negociação, dia 12/9. (Confira as cláusulas no quadro abaixo). A cláusula de democratização da Capef foi negada pelo banco. A CNFBNB/Contraf-CUT não concorda com a negativa e pediu para mantê-lo na próxima reunião de negociação.


Para o coordenador da CNFBNB/Contraf-CUT, Tomaz de Aquino, a negociação ficou dentro do esperado para uma primeira rodada. “Diante do que foi acordado entre as partes, entendemos que a nossa estratégia surtiu efeito. Estamos avançando no que é mais consensual e, com isso, vamos garantir maior celeridade no processo. Acredito que depois da reunião da Fenaban (dia 23/9) já estaremos negociando as cláusulas econômicas”. A próxima rodada de negociação está marcada para o dia 12/9 e tratará das cláusulas sindicais.

Apresentações temáticas – Na manhã da sexta-feira, 5/9, membros das entidades representativas dos funcionários do BNB participaram de apresentações sobre projeto de reorganização da rede de agências, Camed e plano de funções, que ainda está em fase de construção no âmbito da Gestão de Pessoas.


A direção do BNB solicitou remeter para a reunião do dia 12/9 os encaminhamentos sobre ponto eletrônico, sub judice e renegociação das taxas de CDC.


Resultado da Negociação da Pauta Específica do BNB

CLÁUSULAS SOCIAIS RENOVADAS:

20ª Comissão Paritária;

21ª Adicional de insalubridade;

22ª Indenização por morte ou por invalidez permanente em decorrência de assalto;

23ª Horário para amamentação;

24ª Fiscalização de restaurante;

25ª Quadro de avisos, malote, conexão na intranet;

29ª Data de início das férias;

31ª Complementação de auxílio-doença previdenciário e auxílio-doença acidentário;

37ª Indenização por morte em viagem a serviço.

DESTACADAS PELO BANCO:
26ª Ausência no período decorrente de greves;

27ª Ausências legais;

28ª Concursos;

32ª Seguro de vida em grupo;

33ª Função de risco;

34ª Licença-paternidade;

35ª Programa de assistência social.

DESTACADA PELA CNFBNB/CONTRAF-CUT:
30ª Democratização da Capef.

CLÁUSULA NOVA APROVADA:

36ª Criação do Conselho de

Usuários da Camed