Negociação vai tratar de pendências para tentar fechar acordo coletivo

19

Na próxima quinta-feira, dia 18/12, a Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) reúne-se com a Superintendência de Desenvolvimento Humano do banco para uma nova reunião de negociação. Na pauta, as cláusulas pendentes da reunião anterior, realizada no último dia 4/12. O encontro acontece às 15h, na sede administrativa do Passaré. Às 11h, na sede do Sindicato, a CNFBNB/Contraf-CUT realiza uma reunião preparatória para a negociação da tarde.


Na última reunião, a Superintendência de Desenvolvimento Humano do BNB apresentou uma proposta global para o fechamento do acordo salarial 2008/09. A proposta contém 53 cláusulas entre gerais da Fenaban, já acordadas em termo de ajuste preliminar e específicas relativas a benefícios sociais e sindicais.


Doze cláusulas que integram a pauta de reivindicação da CNFBNB/Contraf-CUT foram negadas, dentre elas o retorno da licença-prêmio, tíquetes, cesta-alimentação para aposentados, readmissão de demitidos, perdas passadas e contribuição integral do banco para a CAPEF em relação ao 13º.


A direção do banco propõe continuar discutindo 16 outras cláusulas na mesa permanente de negociação, tais como: abono 31 dias, plano de previdência complementar, plano de custeio da CAMED, isonomia entre funções, financiamento habitacional e de veículos, função de risco, programa de assistência a saúde, diárias a serviço.


“Esperamos que, nessa reunião, nós possamos construir uma proposta final para o fechamento do acordo coletivo dos funcionários. Todos os demais bancos federais já assinaram seus acordos e o funcionalismo do BNB não pode ser preterido”, afirmou o coordenador da CNFBNB/Contraf-CUT, Tomaz de Aquino.