Nota da AFBNB pode atrapalhar pagamento da Licença-Prêmio

20

Nota publicada no último dia 16/11, no site da AFBNB, sob o título “SOBRE REUNIÃO PARA TRATAR DE LICENÇA-PRÊMIO pode atrapalhar o andamento do processo de pagamento das indenizações relativas ao restabelecimento da Licença-Prêmio para os colegas que estavam no Banco em 6/1/1997, continuam na ativa e não foram contemplados em acordos judiciais já celebrados.


A nota da Associação induz os Sindicatos com o BNB na base a não seguirem a orientação da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) sobre a desistência de ações coletivas ajuizadas com o objetivo de restabelecer aquele direito.


O objetivo da CNFBNB/Contraf-CUT é agilizar o procedimento relativo ao pagamento das indenizações e para isso não abre mão de que o Banco inicie o processo de disponibilização dos termos de adesão para aqueles que não têm qualquer ação (individual ou coletiva) bem como para aqueles que já comprovaram o cumprimento das formalidades legais.