Novo plano de previdência do BNB garante renda complementar

39

Na reta final para o prazo de adesão ao Plano CV I, o diretor de Previdência da Capef, Rômulo Amaro, concedeu uma entrevista à Tribuna Bancária para explicar as vantagens, as regras e esclarecer as dúvidas dos funcionários que ainda não fizeram sua adesão ao novo plano de previdência do BNB.


O Diretor da Capef destaca que o Plano CV I é uma oportunidade única de garantir uma renda previdenciária complementar ao benefício do INSS que, na maioria dos casos, é insuficiente para manter o mesmo padrão de renda do funcionário na ativa.


Quais as principais ações da Capef na fase final da campanha de adesão ao Plano CV I?

Rômulo Amaro – No mês de janeiro, iniciamos o “Programa Plano CV I na Estrada”, uma campanha que leva especialistas da Entidade para cada agência do BNB localizada nas cidades da Região Nordeste e interior de Minas Gerais, a fim de apresentar informações precisas e tirar as dúvidas relacionadas ao plano de contribuição variável.


Como parte dessa iniciativa, montamos um estande especial de atendimento na Praça Jader Colares, no BNB Passaré. Entre os dias 24 de janeiro e 11 de fevereiro foi possível obter informações, realizar simulações e efetuar a inscrição no novo plano previdenciário naquele local.

Por que aderir ao Plano CV I até 25 de março é mais vantajoso para os funcionários do BNB?

Rômulo Amaro
– O dia 25 de março é a data limite para aderir ao plano com direito à compra do tempo de serviço passado. Esse benefício impacta significativamente na formação do saldo individual e, consequentemente, no valor do benefício futuro. Isto porque o participante poderá comprar de forma retroativa até 10 anos de cobertura previdenciária e ainda garantir a contribuição em igual valor paga pelo banco.


Em nenhum outro plano de mercado, o participante poderá encontrar a vantagem da poupança em dobro.


Os atuais participantes do Plano BD não-contribuintes devem ficar atentos porque o dia 25 de março também é o prazo final para adesão desse público.

Onde os funcionários podem obter informações sobre o novo plano?


Rômulo Amaro
– A Capef mantém diversos canais de atendimento para esclarecimento de dúvidas relacionadas ao Plano CV I. Os funcionários poderão ligar para o telefone 0800 9705775, enviar e-mail para relacionamento@capef.com.br ou acessar www.capef.com.br. Vale ressaltar que as novas adesões somente poderão ser efetuadas pelo site.

Se você pudesse deixar alguma mensagem para aqueles funcionários que ainda estão indecisos quanto à adesão a um plano previdenciário, qual seria?

Rômulo Amaro – Começo fazendo uma indagação: de quem é a responsabilidade pelo nível de renda em todas as fases da existência: do próprio indivíduo; do sindicato, da família; da empresa ou do governo? Uma silenciosa e profunda mudança de comportamento vem ocorrendo em nossa sociedade, cada vez se torna maior a responsabilidade do indivíduo em relação ao seu sustento. Em larga medida, está se colocando nas mãos do próprio indivíduo o controle sobre as incertezas quanto à renda ao longo de sua vida.


Nessa direção, avançam no mundo todo as grandes transformações por que passam tanto a previdência social, como também a previdência complementar. Esses mecanismos, apoiados no princípio da solidariedade, visam preencher a lacuna da ausência de renda nas situações em que se perde a condição de pessoa economicamente ativa, como, por exemplo, na invalidez e na velhice.


Tornou-se imperativa a realização do planejamento da aposentadoria. Ninguém mais pode deixar de dar a devida atenção a esse assunto. Existe um tripé clássico para o provimento de renda na fase pós-laboral, a saber: previdência social; previdência complementar e poupança pessoal. O Plano CV I se situa no âmbito da previdência complementar cuja missão é perseguir a manutenção do nível de bem estar conquistado na fase laboral.


O futuro é produto da construção no presente. Contando com o INSS e, quando for o caso, com o benefício do Plano BD administrado pela Capef, muitos funcionários do BNB ainda ficarão com cobertura previdenciária insuficiente para lhe garantir um nível de bem estar que viabilize a sua aposentadoria. O Plano CV I visa suprir essa carência. Por seu intermédio, todos os funcionários do BNB estão tendo a oportunidade de programar o momento do encerramento do vínculo com o Banco e o nível de renda que desfrutará na aposentadoria.


Não fique parado sem atitude, programe sua aposentadoria. Compatibilize a sua disponibilidade orçamentária (contribuição para o Plano CV I menos ganho fiscal) com a sua necessidade de renda previdenciária e construa um futuro tranquilo para você e sua família.